Cantinhos favoritos do meu quarto

03 maio 2018


Oi gente, tudo bem? Já faz um bom tempo que eu prefiro uma decoração mais clean, com móveis clarinhos  paredes brancas, assim consigo usar e abusar das cores nos itens de decoração e jogos de cama. É o segundo apartamento que estou morando desde que me mudei para Salvador e tem duas coisas que eu sempre sonhei: uma janela bem grande, muito espaço e paredes branquinhas. A decoração ainda não está pronta, mas eu já tenho cantinhos favoritos e resolvi compartilhar um pouquinho deles com vocês.










Quando a decoração estiver finalizada prometo fazer um tour pra vocês!
Beijão

Look: Vestido azul ombro a ombro e sandália tratorada

02 maio 2018


Oi gente, tudo bem? Eu amo/sou apaixonada por estampas, se você abrir meu guarda roupas verá isso. Recebi o convite da loja WR-Top para fotografar a nova coleção deles no mês de fevereiro e eu pirei muito na loja por ter muito a ver comigo. Vestidinhos soltos são peças que tenho sempre a com esse azul não foi igual, assim que vi ele nas peças que ia fotografar eu já falei que ele seria meu, eu realmente me apaixonei por ele por ser simples, ter uma estampa bonita e diferente das outras que já vi. Quis deixar o look mais arrumadinho e ainda sem deixar de lado o conforto, por isso escolhi uma sandália tratorada e brincos grandes amarelos, são um dos meus favoritos da vida!







Como sempre as fotos foram feitas pela minha amiga Eloisa Mendes.
Espero que tenham gostado!
Beijão


Algumas atualizações e...

01 maio 2018


Oi gente, tudo bem? Depois de alguns meses eu resolvi aparecer, mas na verdade nunca esteve nos planos sumir, só aconteceu... O que não quer me calar é: as pessoas ainda gostam de ler blogs? Porque eu sinto muita falta (MUITA mesma) e eu só percebi isso quando comecei a estagiar e em menos de duas horas eu já tinha lido mais de 10 blogs, que nostalgia!

Acredita que eu nem lembrava mais que o domínio tem que ser renovado anualmente? Mais louco ainda foi quando eu me lembrei porque eu comecei a blogar e de novo fui invadida por um sentimento maravilhoso dentro de mim, eu realmente precisava voltar. E assim como eu sinto necessidade de contar para aquele amigo que eu não vejo a anos eu sinto, e quero, contar pra vocês tudo que aconteceu durante o último ano, afinal faz tempo que eu não faço isso. 

Eu me mudei para Salvador faz aproximadamente 1 ano e 3 meses, nesse meio tempo eu perdi minha avó para a eternidade e vários amigos resolveram que precisava partir para vida de outras pessoas, não foi nada fácil e cá entre nós eu ainda não superei a ausência da minha avó, eu acho que nunca vou superar. Estou no terceiro semestre de Publicidade e Propaganda e a cada dia sei que fiz a escolha correta, eu me sinto muito realizada. A um mês comecei estagiar em uma empresa, nossa relação começou lá no ano passado por causa do blog, sou social media e eu nem acredito nisso! Eu olho para a Gabriela de 2012 e sei o quanto ela estar feliz em ter persistido naquilo que tanto acreditava, quem diria que o blog levaria ela tão longe assim? 

Comecei a frequentar a Comunidade Católica Shalom, aquela que comentei no post sobre o Acamp's, e todo o sábado eu passo a tarde toda por lá, podia falar muito como está sendo minha experiência por lá, mas esse papo será para outra hora.

Aprendi nesses últimos três meses o quão importante é você confiar nas promessas divinas e ter confiança naquilo que você faz. Aprendi também que quem é seu amigo de verdade ficará feliz por você diante as suas conquistas e estará para te dar colo e um ombro amigo nos momentos difíceis. Em grande parte das vezes esses seus amigos estão dentro da sua casa/família como por exemplo seus pais, irmãos e colegas de apartamento. E sobre o amor? Nunca deixe que ele falte em sua vida. Amor por si mesmo, amor pelo próximo, amor por aquilo que faz. AMOR

Eu ainda preciso internalizar alguns sentimentos e por isso eu sempre fico repetindo eles em voz alta, como uma oração. Poderia até listar tudo aqui, mas ficaria muito melancólico e clichê, a intenção não é essa. 

Antes que eu me esqueça, eu também tenho um jardim. Tudo bem que perdi várias plantinhas favoritas, fiquei muito triste com minha irresponsabilidade de ter deixado elas aqui quando fui para o interior, mas ontem eu renovei o potinho das 11 que sobreviveram. Deixei uma também no meu home office, ela me lembra muito o pé de mandacaru para me lembrar sempre do meu lugar favorito no mundo. 

Por hoje é só gente, eu estarei sempre por aqui, afinal um bom filho sem a casa retorna!
Beijão



Minha experiência com unhas de acrigel

31 janeiro 2018


Oiiii gente! Eu sempre tive um amor muito grande por unhas grandes, infelizmente as minhas nunca cresceram muito, e eu sei que grande parte da culpa é minha por roer tanto as unhas - eu preciso aprender a me controlar. Em dezembro aproveitado a onda das festas de ano resolvi me dar o luxo de aderir as famosas unhas de acrigel e foi também uma oportunidade para dar uma nova chance a esse método, já que a primeira vez que fiz fiquei muito decepcionada: o acabamento não foi nada bom e em menos de 2 dias as unhas começaram a quebrar. Dessa vez fiquei 15 dias com as unhas e tenho algumas observações para fazer, boas ou não, vamos lá?



1. O acabamento é sensacional
Eu amei de verdade. A moça que escolhi dessa vez deixou minhas unhas lindas e bem naturais. Então eu indico a vocês que pesquisem muito antes de escolher alguém.

2. O esmalte durará uma vida
Nunca consegui deixar o esmalte na minha unha por muito tempo, sempre fica no máximo 4 dias e quando menos espero já estou tirando, com as unhas de gel só não ficava a semana toda porque eu ficava trocando a cada 4 dias (desculpa, eu não resisti hahaha).


3. As unhas de baixo vão poder crescer
Um dos principais motivos para eu ter colocado as unhas foi esse, eu queria muito que as minhas unhas naturais crescessem e também foi uma forma de tentar parar de roer as unhas (por um tempo deu certo). 

Mas afinal, por que eu não permaneci usando as unhas? 
Ao todo fiquei 15 dias com a unha, nesse período tive que fazer a manutenção porque algumas unhas começaram a soltar, passei a ficar muito agoniada por não conseguir nem calçar minhas sandálias direito, me incomodava digitar no computador, sentia que não estava lavando meu cabelo direito, e várias outras coisinhas. O que era algo que tinha aplicado para me deixar bem e me sentir mais bonita acabou se tornando um peso e estava me deixando muito mal.

Depois que uma unha quebrou e outra sofreu uma pequena infiltração eu acabei tirando tudo por conta própria em casa. Não é o mais recomendado a fazer e acabei não seguindo a orientação de ninguém. Durante alguns dias minhas unhas naturais ficaram doendo e um pouco vermelhas, acredito que pelo esforço de tirar o gel, mas consegui tirar todas sem prejudicar elas. 

Com isso tudo aprendi que nem sempre vale a pena se sacrificar tanto para ficar bonita, beleza de verdade não machuca ninguém! O amor que antes eu tanto tinha por unhas grandes passou e hoje unhas médias já me são suficientes. Eu que era a louca das unhas postiças não tenho mais vontade alguma de usar nada que contenha cola nas minhas unhas, só autoadesivas e olhe lá hahaha.

Você quer saber se eu indico alguém usar?
Eu acho que nesse momento essa escolha cabe somente a você, eu li muito de fazer, vi uns depoimentos negativos, mas eu não escultei ninguém. Acredito também que cada caso é um caso, vi algumas pessoas que usam a 6 anos e não largam por nada. A única indicação que faço é que escolha bem o profissional antes de fazer qualquer procedimento estético, a saúde das suas unhas é muito importante. 

E é isso gente, deixe aqui nos comentários as experiências de vocês!
Beijooos



2016 - Cabeça de Garota © Todos os direitos reservados | Design e Programação Jéssica Argentino | Ilustração Laís Lima