O que eu achei da série: Girlboss

23 abril 2017


Oiii gente! Eu sempre fui doida para ler o livro Girlboss, via várias pessoas falando dele e pirei quando pude folear o livro uma vez, não vejo a hora de ler! A série foi lançada dia 21 na Netflix e eu não pensei duas vezes: vamos fazer maratona da série. Eu fiz, adorei e não vejo a hora da segunda temporada, é maravilhosa e muito inspiradora.


Tudo gira em torno da vida de Sophia, uma jovem de 20 anos que está com medo de enfrentar a vida adulta. Para ela a vida adulta é o início da morte dos seus sonhos. A personagem não tem responsabilidade alguma, chega a roubar algumas coisas e até comer pão do lixo, ela também é egoísta e digamos que bem "louca". Por isso as pessoas não acreditavam nela, inclusive o seu pai.


Sophia ama brechós e o estilo vintage, na minha opinião ela é muito estilosa e eu olhei e pensei: ainda vou me vestir como você.

Não sei se foi porque eu gostei muito da série, mas é bem curtinha e muito engraçada, mostra a vida de Sophia de um jeito muito leve. Eu super me identifiquei com ela em vários momentos. Sophia não deixa seus sonhos morrerem apesar de todas as coisas ruins que acontece, ela pensa em desistir, mas ergue a cabeça e vai. 


É bem perceptível o quão difícil é as mulheres comendarem negócios e isso só retrata a sociedade machista que vivemos. Mas a personagem também vem nos mostrar que mesmo você sendo amadora, em várias áreas, com esforço e dedicação você consegue alcançar seus objetivos mesmo que não seja fácil. 

E é isso, eu adorei a série e recomendo muito pra vocês!
Beijooooos


Me companhe também nas redes sociais

Se inscreva aqui no canal



O que eu achei da série: 13 Reasons Why

14 abril 2017


Oiii gente! Já faz alguns duas que estou tentando escrever isso, mas somente hoje e realmente consegui transformar os meus pensamentos (e sentimentos) em palavras e assim poder descrever o que eu realmente achei da série 13 Reasons Why. Depois que terminei de assistir a série passei alguns dias bem abalada, por ter me identificado com algumas situações, mas eu também comecei a refletir bastante sobre a minha vida e buscar sempre ser melhor com as pessoas. Depressão, ansiedade e suicídio são graves problemas e nós devemos sim falar sobre isso. 

Pra quem ainda não sabe, a série começa após o suicídio da adolescente Hannah Baker, ela deixa 13 fitas, que são enviadas para seus colegas de classe, onde narra os motivos pelos quais ela retira a sua vida. No início eu achei algumas coisas bem clichês, mas que mostravam que simples ações do outro causavam um efeito enorme na vida do outro. A partir de alguns episódios, principalmente os sinalizados, mostram os piores momentos que alguém pode ter em sua vida como por exemplo a violência sexual. 


Cheguei a ouvir muita gente dizer que a série não tinha nada demais, porém eu discordo, há muitas situações fortes e se você não está disposto a ver certas cenas de gatilho a melhor opção é não assistir. A cena de suicídio é muito polêmica e de tudo foi o que me deixou mais arrasada, porque é muito real e dolorosa, chorei muito, então pensem bastante antes de ver. 


Outro erro é a demora para Clay ouvir todas as fitas, enrolando bastante a história para prender bastante o telespectador, vai ser era essa a intenção. 

Eu acredito que é importante sim falar sobre suicídio, até porque é uma das principais causas da morte de adolescentes e a série bem falar sobre isso. Mas acho que seria legal falar um pouco sobre as técnicas de prevenção e meios de ajuda, como o número 141 (24 horas). Enfim, dou 5 estrelinhas para a série, fiquei abalada psicologicamente sim, mas a lição que vida que eu tenho agora é muito válida. Não vou dizer que indico a série a ninguém, deixo em aberto para vocês.

Fotos: Netflix/Divulgação.

E é isso gente!
Beijoooos

Me companhe também nas redes sociais

Se inscreva aqui no canal



[vídeo] Como está sendo morar na cidade grande #CaipiraEmApuros

10 abril 2017


Oiiii gente! Tudo bem? Faz 2 meses desde que me mudei para Salvador e nesse pequeno tempo eu já aprendi muuuiita coisa sobre a cidade grande e resolvi contar as minhas experiências com vocês. Apesar de tudo está sendo bem legal, o vídeo vai esclarecer mais o porque da minha mudança e como está sendo todo esse processo adaptativo aqui, ignorem o cenário novo e é isso, espero que gostem, vem comigoooo!


Não se esqueça de deixar o seu like e se inscrever no canal, viu?
Beijoooooos

Me companhe também nas redes sociais

Se inscreva aqui no canal



Inauguração Sephora Salvador Shopping

09 abril 2017


Oiiii gente! Na sexta (07/04) aconteceu aqui em Salvador e Inauguração da loja Sephora e eu fui convidada para conferir todos os detalhes de pertinho, um sonho! Ano passado, em Setembro, a maior rede de produtos de beleza chegou ao nordeste trazendo uma pop up store, aqueles famosos quiosques no "meio" do shopping. 







A variedade de produtos é enorme, você encontrará lá desde pinças até os perfumes mais desejados do mundo. Além da Sephora Colletion há marcas icônicas como Urban Decay, Benefit, NARS e Make Up Forever. 




A cerimônia de inauguração aconteceu às 19h e contou com a presença de José Loreto, pense num cara que é gato e simpático (risos). As 100 primeiras clientes ganharam um gift card de R$50 reais para gastar na loja e todos os produtos da loja estavam disponíveis para teste, eu ameeeeeei!



Sou muito grata por ter feito parte de um evento que foi tão lindo e organizado, eu já era apaixonada pelos produtos e ficava horas e horas no site olhando, imagina agora? hahaha. Todos os produtos que cheguei a testar, inclusive o batom caneta da NARS e o perfume Miss Dior ganharam meu coração, estou aceitando de presente, viu? hahaha. Muito obrigada pelo convite, fui super bem atendida e adorei os presentinhos que ganhei. 


A loja fica no Salvador Shopping - Avenida Tancredo Neves 3133, Caminho das Árvores - piso L2.

E é isso gente, espero que tenham gostado!
Em breve teremos muitas resenhas legais por aqui.
Beijoooos


Me companhe também nas redes sociais

Se inscreva aqui no canal





2016 - Cabeça de Garota © Todos os direitos reservados | Design e Programação Jéssica Argentino | Ilustração Laís Lima