Eu aprendi a amar: brincos

21 março 2017


Oiii gente! Até meus 15 anos sempre usei o mesmo brinco: uma argolinha pequena de ouro, além de sempre ter reações alérgicas minha mãe não de deixava trocar. Desde sempre me enchia os olhos ver aqueles brincos grandes e coloridos, mas era aquela história, só fica bom nos outros. Sim, eu era uma pessoa muito insegura comigo mesma e não me permitia fazer várias coisas, inclusive usar algumas peças de roupas e acessórios. 


A partir do momento que comecei ser eu mesma e passei a usar tudo que tinha vontade o mundo passou a me ver de outra forma. Hoje se não for pra sair usando brincão, ou qualquer outro acessório que chame atenção, eu nem vou (risos).



Ainda acho muito charmoso e fofo os brincos menores por isso não abro mão dos que tenho, mas a minha "coleção" de brincos maiores só tende a crescer mais e mais, inclusive quando se trata de argolas. Além de dar atitude aos looks eles valorizam muito o meu rosto e meu corte de cabelo, não sei viver mais sem.


E vocês, que paixão tem?
Beijoooos

Me companhe também nas redes sociais

Se inscreva aqui no canal


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Que bom ter você aqui, seja bem vindo(a)!

♥ Comente o que achou da postagem, fique a vontade também para dar dicas, ideias e sugestões.

♥ Se você não tiver conta no Blogger isso não é problema, aqui ao lado tem a opção "Comentar como" e nela vai ter várias opções, é só escolher a que você mais preferir!

Obrigada pela visita, volte sempre! ♥




2016 - Cabeça de Garota © Todos os direitos reservados | Design e Programação Jéssica Argentino | Ilustração Laís Lima